sexta-feira, 20 de julho de 2012

Um pouco de História...Os Coros do C.C. 25 de Julho de Blumenau


Amanhã, dia 21 de julho, os Coros do C.C. 25 de Julho de Blumenau - Coro  Masculino Liederkranz e Coro Misto estarão festejando com amigos de 11 Coros que estarão participando do 79° Encontro da Liga Cultural e Recreativa Vale do Itajaí, e a Abertura da Semana da Imigração Alemã. Estarão festejando seus aniversários de 50 e 40 anos, respectivamente, de atividades no C.C. 25 de Julho de Blumenau.
Conversamos com a Sra Renate Rossmark e pedimos para que nos contasse um pouco desta história dos coros do 25 e na véspera desta festa, fomos presenteados com suas palavras.

Um pouco de História...
Por Renate Rossmark

Coro Masculino Liederkranz
Em 1962 um grupo de cantores procurou o C.C. 25 de Julho de Blumenau para a criação de um coro masculino. Foram recebidos de braços abertos e logo, por iniciativa de Franz Becker e Emílio Rossmark, começaram os ensaios, sob a regência de Eugen Seelbach. Foi oficializada a formação do Coro Masculino que recebeu o nome de Liederkranz, o novo Coro Masculino Liederkranz. Novo porque já existiu um coro com esse nome na história de Blumenau. Fundado em 1909, o primeiro Liederkranz atuou com muito sucesso durante 28 anos nas festividades e programações culturais da cidade. em 1937, o Liederkranz, na época regido pelo Maestro Heinz Geyer, juntou-se ao Grupo Musical Germânia e ao Grupo de Teatro Frohsin, formando a Sociedade Dramático Musical Carlos Gomes. Foi formado um grande coro misto, absorvendo o Liederkranz, que foi extinto.Porém a idéia e o sonho de um coro masculino nunca se extingu completamente entre os seus componentes e ficou latente até 1961, quando começaram a reestrutrar o coro. O grupo  se desligou do Teatro Carlos Gomes  e iniciou os ensaios no Clube Concórdia, no Bairro da Velha. Em  1962, foram para o C.c. 25 de Julho de Blumenau e na Assembléia Geral Ordinária do dia 03 de Junho de 1962, o Coro Masculino Liederkranz foi reconhecido como parte integrante do centro cultural. Eugen Seelbach regeu o Coro Masculino por 12 anos. Sucederam-se o Maestro Heinz  Geyer, Manfred Bubeck, Werner Arnhold, Telmo Locatelli, Antônio Mueller, Franz Brack, Avelino Korbes, Erwin Knaesel(durante 20 anos) e atualmente josé Carlos Oechsler. O coro conta atualmente com 30 componentes.Em 1971, sob a regência de Reinz Geyer, maestro e compositor de renome internacional, o Liederkranz obteve um desenvolvimento extraordinário, nivelando-se com o s grandes coros nacionais e internacionais. Iniciou-se nessa época uma série de Encontros Internacionais de Cantores (1971,2,3,5,7,9 e 1981) de grande sucesso, com o apoio do Governo Estadual e Prefeitura de Blumenau. Além de apresentações regulares no C.C. 25 de Julho de Blumenau e Encontros Regionais de Cantores, o Liederkranz fes turnês no Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e no exterior, na Argentina (Buenos aires, Monte Carlo e Missiones) e Paraguai (Montevideo, Encarnacion e Independência). Desde 1962, o Coro Masculino Liederkranz tem um papel fundamental no grande trabalho cultural que o C.c. 25 de Julho de Blumenau vem mantendo nesta cidade. A partir de 2010, sob a regência  de José Carlos Oechsler, o coro alcançou grande sucesso e destaque na Oktoberfest, abrindo um espaço cultural imoprtante na maior festa da cidade.
Coro Masculino Liederkranz - 1976
Coro Masculino Liederkranz - 2012 - Festa Pomerana - Pomerode
Coro Misto
Em 1972, o renomado Maestro Heinz Geyer, que vinha colaborando com o C.C. 25 de Julho de Blumenau, sugeriu a formação de um Coro Misto. conseguiu apoio da diretoria e a adesão de alguns casais que se entusiasmaram com a idéia: Werner e Inácia Frischknecht, Erwin e Erica Knaesel, Franz e Paula Isleb, Hercílio e Gerda Satahnke, Heinz e Edith Tuerpe e Manfredo e Rita Bubeck. O Maestro Geyer convenceu Bubeck a assumir a parte técnica ou seja, os ensaios e a regência e a pianista Iris Ramers dispôs-se a fazer o acompanhamento musical. Em outubro de 1972 foi formalizada a fundação do Coro Misto do C.C. 25 de Julho de Blumenau e os ensaios começaram sob a regência de Manfredo Bubeck (Orientado pelo Maestro Geyer) e acompanhamento de Iris Ramers ao piano.Em 16 de dezembro de 1972 fizeram a estréia no Concerto de Natal, juntamente com o Coro Masculino Liederkranz, sendo entusiasticamente aplaudidos por um numeroso público que lotava o salão de festas.em 1973, já com 30 cantores, o Coro Misto participou com destaque do 3° Encontro internacional de Cantores, organizado pelo C.C. 25 de Julho de Blumenau e que repetiu o sucesso das edições anteriores. com o apoio da Prefeitura Municipal e do Governo Estadual, esses Encontros Internacionais viriam se repetir em 1975,7,9 e 1981, constituindo-se na época de ouro dos coros, pelo sucesso artístico e de público. O Governador do Estado de Santa Catarina prestigiou com sua presença esses Encontros.Em 1981, o Coro Misto, com 40 integrantes, gravou o disco LP Mit Freunde Dienen (Servir com Alegria), com boa aceitação no mercado. em 1982, o coro realizou uma grande turnê por Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Niterói, Nova Friburgo e Petrópolis, apresentando-se com grande sucesso. Posteriormente fez apresentações também  no Rio Grande do Sul, Monte Carlo (Argetina), Independência (Paraguai) e Montevidéu (Uruguai).Em 1983, de 07 a 17 de julho, uma catástrofe enchente em Blumenau interrompeu essa fase áurea, pois atingiu o C.C. 25 de Julho de Blumenau, destruindo os pianos e cancelando os Encontros Internacionais. Mas o Coro não deixou se abater e em 13 de agosto de 1983 já cumpria um compromisso agendado em Florianópolis, sendo muito aplaudido. Continuou participando de Encontros de Corais e fazendo apresentações em todo o Estado. em 1897 uma série de concertos com a  participação da Banda do 23° BI de Blumenau, fez muito sucesso.Em 1987, após 16 anos à frente do coro, Manfredo Bubeck passou a regência ao Maestro José Acácio Santana de Florianópolis e  o Coro entrou numa nova fase de intensa movimentação, com muitas apresentações. Em 1994, o Maestro Santana deixou o coro passando a regência de 1995 a 2002 ao Maestro Sérgio Weatrupp e a partir de 2002 a José Carlos Oechsler, que permanece até hoje.. em 1995 o Coro Misto realizou sua máxima, com um turnê de 26 dias pela Alemanha, realizando intenso intercâmbio cultural com diversos coros alemães já recepcionados em Blumenau. Essa série de concertos terminou com uma apresentação  na Basílica de São Pedro, no Vaticano, em Roma.O Coro Misto canta hoje com 30 coralistas e sob a regência do Maestro José Carlos Oechsler, participa ativamente e com destaque do cenário regional, plenamente integrado com os objetivos estabelecidos em 1954, pelo C.c. 25 de Julho de Blumenau de preservar as tradições e cultura dos imigrantes fundadores de Blumenau e aprimorar o entrosamento com a cultura Brasileira.
Coro Misto 1976

Coro Misto - Natal 2011

Amanhã postaremos a História da Liga, que está promovendo o 79° encontro no C.C. 25 de Julho de Blumenau.





2 comentários:

sasuketu disse...

O coral da um verdadeiro show na Oktoberfest cantando a musica Lilli Marlene, interpretada originalmente por Marlene Ditrich, artista alemã

Angelina Wittmann disse...

sasuketu....Boa noite!!..Tem toda razão! É um show...Logo temos a Oktoberfest aí...
Abraços. Equipe do C.C. 25 de Julho de Blumenau.